Sonhos e Coaching

 

Você consegue sonhar, mas sonhar mesmo? 

Quando criança, nossos cérebros estão em constante desenvolvimento e a quantidade de informações novas e de aprendizado que vivemos, é muito intensa. De alguma forma, que hoje os cientistas já conseguem explicar, quando atingimos a fase adulta, nossa percepção de tempo muda drasticamente. De repente, passamos a ser responsáveis por inúmeras tarefas repetitivas e de pouco estimulo intelectual e esse padrão muitas vezes se estende à atividade que chamamos de trabalho ou emprego. Não é a toa, que quando terminamos a faculdade ou nossa última experiência escolar, o tempo parece começar a voar. 

Essa mudança em percepção pode parecer impossível de ser evitada, pois quando temos contas a pagar, as necessidades do dia a dia acabam por tomar conta de nossa vida. Como sonhar com aquela viagem enquanto não conseguimos chegar ao final do mês com algum dinheiro reservado? Como perseverar em um carreira que no momento não parece oferecer vantagem alguma? 

Apesar de sempre buscar alternativas para conseguir ver a vida com aquela brilho nos olhos, já revirei os mesmos algumas vezes quando alguém me diz que basta mudar a percepção. O que acontece é que quando ouvimos isso, podemos nos sentir julgados e incompreendidos. Então, a gente continua a trabalhar porque tem que trabalhar, pagando as contas e tentando tirar um pouco de prazer de alguma coisa que a gente goste…. até o dia que você se da conta, que os outros podem não saber nada da sua vida, mas que continuar no automático, certamente não irá produzir um futuro diferente, ou melhor, que o seu presente. Quem sabe não chegou o dia de priorizar (de verdade), quem sabe não chegou o momento de você se libertar. Mas o ponto é, quem sabe quando esse dia de fato chegou é apenas você e botar os seus insights em prática, pode ser uma tarefa árdua e confusa.

Simplificando, é porque precisamos nos encontrar no momento e na condição certa para que as engrenagens da mudança comecem a funcionar. O que ocorre é que quando nos vemos com muitas possibilidades, por mais complicadas que sejam, pode ficar difícil de abrir mão de algo e focar no que se quer de verdade. 

Mas você pode se perguntar, então o que fazer sobre um sonho que não poderia estar mais longe da minha realidade atual? E eu lhe digo: programe-se.

Quem já teve contato com um coach sério ou alguém afetado por ele, sabe o que o processo de coaching pode lhe oferecer. Longe de operar qualquer milagre, ele pode lhe ajudar a descobrir ou traçar objetivos e, tão importante quanto, lhe ajudar com a caminhada até o destino, usando de ferramentas e de profissionais preparados, para saber contornar os obstáculos. 

Como alguém que passou por um processo de coaching como coachee e acabou fazendo uma formação em coaching, eu posso lhe dizer que as táticas passadas e as reflexões feitas, podem servir para toda a vida. 

Existiriam menos pessoas agressivas ou desagradáveis, se todos cuidassem mais de si. O ser-humano é maravilhoso quando está vivendo o seu melhor.

Betina Vargas